23 de fev de 2016

Consórcio Socicom e Adetec Estelionatário

Marcio Alexandre
Atenção para esse anúncio, como essa quadrilha age dentro da capital de São Paulo: Sou mais uma vitima no editado consocio adetec socicom escrito no CNPJ 10.454.461/0001.98 essa empresa que diz seu contrato a mais de 40 anos no ramo e agem rigorosamente numa grande parte do estado de SP e demais estados, lesando as pessoas com grande apoio de autoridade que se diz competente no qual eu atuo no presente com serviço escolar na minha região, quando pesquisei um ônibus W9 2009 e liguei para o responsável e conversei com ele, e ele me diz que era mais barato porque o consocio tinha tomado de alguém, e o ônibus só podia ficar 3 dias sem vender para dar continuidade nas prestações, foi quando eu tive que vender o meu mais barato em relação ao preço de mercado e imediatamente fui para SP, chegando la no dia seguinte acompanhado por um sobrinho por não conhecer a capital, procuramos o endereço do proprietário do veiculo na rua Gonçalo pedrosa, Nº 145, no qual me disse que não tivesse medo do negocio por que era pessoas de bem e que trabalhava ao lado da delegacia a muitos anos, isso aconteceu no dia 25/10/2010 por volta das 10hrs da manha! Negociamos o veiculo no qual tínhamos combinado por telefone que eu pegaria o veiculo dois dias apos o deposito, o vendedor Marco Antonio chamou seu secretario o qual conduziu ao banco do Brasil para fazer uma transferência no valor de 28 mil reais foi depositado na conta ( cc: 11444-7 ag: 3160 Banco 341 Itaú) que seria a entrada do ônibus e mais 60 prestações de 1 mil e duzentos, conversando no banco com o secretario dele a respeito da segurança da empresa ele disse ter mais de 5 anos de serviço e nunca ouviu uma pequena reclamação, retornando para o escritório da empresa no endereço citado, encontrei ele com um contrato de consócio dizendo ele que era para controle da empresa, mas que o negocio nosso era particular e não tinha nada haver, em seguida ele disse que dentro de 12hrs eu iria receber uma ligação de alguém relacionado ao consocio, mas que eu respondesse que tudo já tinha combinado com Marco Antonio Calado, e me pediu que eu retornasse no dia seguinte para regularização do documento do veiculo, e me pediu mais 15 dias para a entrega do veiculo que no combinando antes eram apenas 2 dias, na 3º vez que eu comparecir no escritório com meu sobrinho e irmãos ele já me disse diferente, que tinha 4 veículos pare ser entregue naquela semana o qual o meu era um deles, e disse que o delegado e o promotor tinha "comido" 10 mil reais deles mas que ele ia dar mais um cala boca e que ia providenciar, a partir desse dia não atendeu mais meu telefone e quando atendia falava que estava no transito ou em reunião, e que me retornava minutos depois, a única ligação que eu tive dele foi antes do deposito do dinheiro, ele achou tanta facilidade de levar o meu dinheiro que demorei muitos anos para adquirir que nem me precisou me cadastrar no falso consorcio, no dia 25/01 procurei o 17° distrito policial Ipiranga pensando eu que estava procurando o lugar certo o qual eles me disseram que já estavam cheio dessas denuncia e que esse tipo de denuncia para eles não considera como crime, mas mesmo assim eu fiz o B.O, e que eles me comunicava brevemente, e o B.O nem foi assinado pelo escrivão que me atendeu naquele dia para não ser identificado, no final a gerente do consócio me disse no escritório que me devolvia o dinheiro apos vender minha conta, pois não sou cadastrado, eu apenas compre o carro de Marco Antonio Calado e o mesmo quem pegou meu dinheiro, e ele tem varias passagem pela policia, a gerente Denise e proprietário dono do consorcio Joaquim Martins Neto.

Se não houver negociação em breve vou divulgar os nomes do restante da quadrilha com endereço residencial.
Marcone 
Marcone


 

3 comentários:

  1. Me chamo Maria e consegui contato com eles esse mes 11-2016, pois foi agora que terminou meu grupo, tenho uma devolução de R$ 560,00, menos de 8% do que paguei na época, vou conversar com muinha advogada pois não sei se recebo e depois corro atras do resto, o que sei é que estou indignada com a nossa justiça pois parece que a lei não vale para todos.
    Vale lembrar para quem possa interessar o telefone atualizado é 4191-6507 tentem eu consegui falar mas tive que tentar uma semana seguida, quem atende se chama Maria.

    ResponderExcluir
  2. Olá. Também estou tentando contato. Meu grupo terminou em agosto. Quanto você pagou?

    ResponderExcluir